Por onde eu começo, Carol?

Quantas vezes eu já li essa pergunta de quem sonha em trabalhar com plantas ou está dando os primeiros passos nesse mercado…

A jardinagem NUNCA esteve tão em alta. Depois de se consolidarem como a salvação da pandemia de milhares de pessoas, as plantas, enfim, ganharam nossas casas e nossos corações. E como transformar essa paixão em clientes? Como conciliar um novo negócio ainda incerto com aquele trabalho atual que você não curte mais, mas que dá dinheiro garantido? E, mais, onde encontrar vasos a um preço bom? Ou fornecedores de plantas pra pequenos atacadistas? E que coisas levar em conta ao precificar seu trabalho?

Aquieta essa aflição, verdim. Eu passei por TUDO isso que você está vivendo. Item por item. E num mercado que era ainda iniciante, em que eu nem sabia ser possível atender clientes sem ter loja, ser paisagista sem caminhão ou virar jardineira sem força física. Se é verdade que uma garota baixinha, do interior, sem formação em biologia chegou até aqui – e hoje dá aula pra 30 mil pessoas –, você também consegue e eu NÃO VOU SOLTAR SUA MÃO.

Se você se sente sem saber por onde começar, mas querendo ser seu próprio patrão, ter independência e viver de algo que você ama, eu vou te dar o caminho das flores, não das pedras (que essas você já deve conhecer bem…). E esse caminho OBRIGATORIAMENTE passa pela Capital das Flores: Holambra, uma cidade de 15 mil habitantes no interior de São Paulo. É nesse lugarzinho fofo, de colonização holandesa, que está concentrado o polo produtor de plantas que abastece todo o País. É desta cidade que saem 7 de cada 10 plantas vendidas em qualquer ponto de venda deste Brasilzão. E eu te quero aqui, comigo, pra te contar, olho no olho, tudo o que você precisa saber, fazer e focar pra crescer no mercado de jardinagem e paisagismo.

Será intenso.

Passaremos 4 dias juntos. Vou te levar nas estufas fechadas ao público, pra você falar diretamente com os produtores. Vou mostrar como escolho plantas, o que levo em consideração e te ajudar até a embalar suas primeiras verdinhas compradas em Holambra. Vamos ficar grudadins, porque a maioria dos lugares que eu quero te revelar nem mesmo aceita visita. Vamos almoçar e jantar juntos, botar as mãos na terra juntos, carregar plantas, substrato e vasos juntos. Até numa festa de floristas nós vamos juntos. Eu quero que você pratique até ganhar o esmalte “lamê” que eu tanto amo. Que você vá dormir com o corpo cansado, a cabeça cheia de ideias e a alma leve que nem nuvem.

Será premium.

Não quero te hospedar em qualquer hotel: quero te trazer pra Holambra justo no mês mais importante pros profissionais da jardinagem, quando os hotéis estão lotados e só sobra lugar chinfrim em outras cidades. Não, neah? Você vai ficar hospedado NA FRENTE do meu estúdio, vai conhecer pessoalmente onde gravo as aulas e Lives da Universidade Minhas Plantas. Quero que a gente tome café juntos. Por isso, reservei o lugar mais chique da cidade, o Hotel 1948, pra que você durma num colchão espetacular, com lençóis Trousseau e mobiliário de design. As fotos do meu livro de paisagismo foram feitas num dos quartos desse hotel, imagina dormir nele, que luxo? Olha só aqui:

Será aos poucos.

Já dei muita consultoria no passado, mas, hoje, com a Universidade Minhas Plantas, um livro novo a caminho e as filmagens pra TV e publicidade, meu tempo ficou muito escasso. E, pra você ter 100% da minha atenção e presença, dia e noite, eu cobraria um cachê impagável pra uma pessoa. Por isso, criei a Mentoria Solo Fértil, exclusiva pra um pequeno grupo de alunos da UMP. São pessoas como você, selecionadas uma a uma. Verdins sedentos por crescimento, cheios de energia, querendo fazer essa transição mágica e luminosa de um trabalho que não faz mais sentido pra uma vida no mundo das plantas, cheia de propósito e criatividade.

Será vida real.

Como eu poderia te ensinar a estruturar um negócio na jardinagem de um jeito mais de verdade que… trabalhando na maior feira profissional do País? Pois é, montaremos, juntos, um estande no Enflor & Garden Fair, pra que você acompanhe absolutamente cada pulo do gato, segredinho e etapa dos bastidores. Cada coisa que deu errado e como eu a resolvi. Cada problema que seria imenso pra você lidar sozinho, mas que, aqui, com um grupo de experts, vai ser mais rápido, simples e certeiro. E, o melhor: você vai plantar MUITO, comigo ao seu lado ESTRAÇALHANDO inseguranças. Vai ser quase uma aula particular, presencial e sob medida, já pensou?

Será puxado.

Ganhei 5 prêmios na carreira de jornalista porque era super exigente com minha equipe – e sigo assim mesmo na minha segunda vida, de jardineira. Eu não vou passar a mão na sua cabeça. Vou te fazer plantar as coisas mais difíceis. Vou te colocar nas decisões mais complexas. Vou te ajudar a elevar sua prática pra um patamar que você talvez não se achasse capaz – mas É, SIM. Em troca de sua dedicação e bons resultados, te emprestarei meu bem mais precioso hoje: a minha marca, o Minhas Plantas. Sim, você será responsável por ajudar a construir o que o Minhas Plantas mostrará pro mercado na feira mais top entre os profissionais. Quer confiança maior que essa? Tremeu nas bases? Treme, não: vamos arrebentar de um tanto, mas de um TANTO, que você vai se lembrar destes dias pelo resto da sua vida.

Será caro.

Oferecer dez anos da minha experiência como jardineira, paisagista e professora pra que você torne seu sonho uma realidade não é barato. Mas começar um novo negócio sem nenhuma experiência pode dar MUITO prejuízo – e eu mesma quase quebrei. Quando fiz minha primeira feira, em 2013, joguei no lixo R$ 20 mil só da grana que investi no estande. Errei feio e de muitas formas: foquei no cliente errado, precifiquei mal meu trabalho, me endividei gastando em produtos de má qualidade ou simplesmente inúteis. Passei dois anos no vermelho até acertar o caminho e, hoje, ter um trabalho tão sólido que meus livros de jardinagem são os mais vendidos num Brasil que só fecha livrarias. Fazer uma mentoria dessas, ao vivo, incluindo toda hospedagem, alimentação e transporte em Holambra, o acesso aos lugares privados, as aulas particulares, o acesso a dois dias de feira, a monitoria nos cursos e ainda a prática de vendas, como você pode imaginar, vai ser caro. Mas você vai sair daqui OUTRA PESSOA. Transformada. Pronta pra aplicar, com confiança, cada coisa que aprendeu – porque você PRATICOU as coisas mais difíceis ali comigo.

Será personalizado.

Em Holambra, você vai sentir na pele o que é ser mimado por mim. Quando chegar no hotel, terá mimos no quarto. Quando formos às estufas, receberá presentinhos especiais. Quando sairmos às compras, poderá usar os descontos que me dão e até mesmo meu CNPJ pra conseguir acesso a listas VIP e preços exclusivos de atacado. Venha com espaço na mala porque ela vai voltar abarrotada. Quando a Mentoria Solo Fértil acabar, você ainda terá dois encontros online comigo: um em grupo, outro individual, de uma hora cada um. Só por essa consultoria à distância eu cobro R$ 15 mil a hora. Imagine que ela é quase um bônus perto de tudo o que você vai viver presencialmente em Holambra. E ainda te entregarei acesso a telefones e endereços quentes, fornecedores especiais, parceiros com quem você pode estreitar laços e outros macetes, tudo colhido ao longo de 13 anos de estudo e network na área.

Será sua virada.

Este convite não aparecerá duas vezes pra você. Neste instante, já estão chegando os formulários de outras pessoas se aplicando pras 18 vagas que tenho. Sim. Somente 18 pessoas vão viver isso. Quer? Tem vontade?

Eu tô na torcida pra você passar nessa peneira e ser a semente que vai brotar mais forte neste SOLO FÉRTIL. Vem.

Beijo,
Carol Costa

Copyright 2022 – Minhas Plantas. Todos os direitos reservados.